O que são “Experiências Sensoriais”?

Segundo o portal Zyro, mais de 40% dos consumidores acreditam que a Inteligência Artificial melhora suas vidas de alguma maneira. Esta é uma tecnologia que, muito em breve, estará preparada para dar resposta automática aos nossos pensamentos e controlar ambientes, segundo nossas ordens cerebrais.

Em um futuro próximo as IAs também terão a capacidade de nos transmitir imagens, sabores, cheiros e texturas de maneira artificial, além de intercambiar sensações, de maneira digital e direta. Segundo a ConsumerLab, os consumidores acreditam que poderemos ver rotas de mapas com óculos de Realidade Virtual tão somente ao pensar em um destino.

Este cenário supõe um antes e um depois no Varejo, por exemplo, pois configurará um tipo de interação até agora muito pouco explorada, onde poderemos obter informações a partir dos cinco sentidos: visão, olfato, tato, paladar e audição, vivendo experiências totalmente imersivas – o que chamamos de “Experiências Sensoriais”.

O comércio eletrônico, por sua vez, terá de unir físico e digital para entregar comportamentos humanizados e, ao mesmo tempo, experiências automatizadas, que permitam interconexões com objetos, outras pessoas ou mesmo animais.

Para consegui-lo, o mercado também deverá comercializar ferramentas fundamentais para as experiências sensoriais, permitindo a simulação de sabores, aromas e texturas, por exemplo, em degustações de alimentos ou filmes e videogames. Segundo ConsumerLab, 6 em cada 10 pessoas esperam poder visitar digitalmente comércios, assim como experimentar cheiros e sons desses lugares.

Concluindo, as experiências sensoriais guiarão os pensamentos e emoções do usuário, ao mesmo tempo em que possibilita jornadas que, ainda que sejam virtuais, simulem a realidade e permitam realizar atividades próprias do modelo presencial.

Compartilhe

Linkedin LogoLinkedin Atento Live LogoAtento Live
Atento Live LogoAtento Live